Museu de Mértola

img017

O Museu de Mértola nasce como resultado de diversos trabalhos arqueológicos, trabalhos de conservação e investigação levados a cabo pelo Campo Arqueológico de Mértola.

Em 1989 é aberto ao publico o núcleo da Casa Romana com o objectivo de preservar os vestígios existentes na cave do edifício dos Paços do Concelho. Aconteceu de seguida a inauguração da colecção lapidar pré-islâmica na Torre de Menagem do Castelo em 1991, a Basílica Paleocristã em 1993, a Ermida e Necrópole de S. Sebastião em 1999, a Oficina de Tecelagem em 2000 e, em 2001, os núcleos de Arte Sacra, da Forja do Ferreiro e da Arte Islâmica.

Museu de Mértola : NÚCLEO DA BASÍLICA PALEOCRISTÃ – NÚCLEO DA ACHADA DE SÃO SEBASTIÃO – NÚCLEO ROMANO – NÚCLEO ISLÂMICO – NÚCLEO DA ARTE SACRA – FORJA DO FERREIRO – NÚCLEO DE TECELAGEM – NÚCLEO DO CASTELO